terça-feira, 18 de maio de 2010

Até outro dia

Estou arrumando as coisas e indo embora. Não dá mais, coração despedaçou, mas não se preocupe, não estou só; tenho a mágoa como companheira, e eu prometo nunca deixa-la morrer.
Vão ficando jogados em cima da mesa todos os sentimentos, e eu sei que vão empoeirar; e que também você não vai esquecer de mim, eu sei, sei que a culpa não vai te abandonar.
E nem vou fingir descaso dizendo que não sentirei falta. Ah, eu vou morrer de saudades, e de vez em quando te atenderei e direi um 'oi' caloroso. Mas o que posso fazer? A saudades de mim é bem maior.
Não quero cobrar-lhe nada, nem perder meu tempo dividindo nossas culpas, por isso, estou saindo. Ei, não faça essa cara; não precisa mentir. Você não vai precisar de muito para superar, para me superar.
Ah, e lembre-se de se cuidar bem; não se esqueça da gastrite, nem do joelho machucado; também não beba muito e muito cuidado quando estiver dirigindo; não deixe de tomar seu remédio e nem de continuar a me esquecer.
Fique bem; você vai ficar bem; você está muito bem.



um determinado evento
Dia 07: a música que você lembra de um determinado lugar.

17 comentários:

  1. ainda não tenho essa força, essa coragem para dizer adeus...
    admiro quem possue!


    muito bom

    ResponderExcluir
  2. Muiito bom, queria muito poder ir embora assim, deixar tudo pra tras com toda essa calma, parabens *-*

    ResponderExcluir
  3. parabéns está muito bom mesmo :D

    ResponderExcluir
  4. Oi minha querida! Ah, eu sei como é isso, de abandonar o barco, em prol de voltar ao seu melhor porto: você mesma. Faz certo, dói, mas se, for o destino vocês dois, lá na frente vocês se encontram! Tenho certeza.
    E ah, obrigada pelo selinho..Já vou colocá-lo lá, e repassá-lo. Muito obrigada, Gabi!
    Beijoca

    ResponderExcluir
  5. E mais: te devolvo um selinho que ganhei, aqui no link, girl: http://calmila.blogspot.com/p/selos.html
    Beijo enorme!

    ResponderExcluir
  6. Poxa, dizer adeus é semé triste né "/

    tem selo pra ti no meu blog =)
    Bjs...

    ResponderExcluir
  7. Nossa se eu te contar que vivi algo parecido você acredita???
    Amei ♥ o texto ^^

    Beijãooooooooooo

    ResponderExcluir
  8. me lembrou uma música do Los Hermanos...

    "assim que quer, assim será, eu vou pra não voltar..."

    :)

    ResponderExcluir
  9. Dói, né? Ainda bem que passa...passa, sim. ;)

    Beijos, Gabi.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  10. Adoro ler seus textos porque me identifico muito com a maneira que me sentia a meses atrás. Aliás, hoje faz 6 meses que realizei meu maior sonho, e a partir dai as coisas mudaram. Estou em fase de evolução. Então só quero te dizer, que embora a vontade seja fugir, fique! Você é mais forte que a fuga.

    ResponderExcluir
  11. nem sempre fugir é o melhor a fazer. ENCARE.
    deixe que ele fuja.
    de qualquer modo, admiro tua determinação...

    beijos, querida!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Teem selinho pra vs no meu blog *--*

    ResponderExcluir
  14. há momentos que ir é a mlehor opçao..
    ameei

    ResponderExcluir
  15. ai ai ai... oq posso dizer daq?
    Já q vc tá partindo, posso te receber? =)
    Venha cá, recomece, a vida é isso... um eterno recomeço, a cada dia faça coisinhas q te façam sentir melhor. Bjs!

    http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. bonito o texto,bonito e impetuoso. :)

    ResponderExcluir
  17. Texto liiiindo, e mostra a verdadeira intenção de uma garota, pois a maioria diz que não vai sentir falta pra não se rebaixar mas morre de saudades :/ " E nem vou fingir descaso dizendo que não sentirei falta. Ah, eu vou morrer de saudades, e de vez em quando te atenderei e direi um 'oi' caloroso. Mas o que posso fazer? A saudades de mim é bem maior. "
    enfim, lindo mesmo *-*
    e hm, deixei selinho pra você no meu blog, bjs bjs ;*

    ResponderExcluir